Nova estratégia corporativa da Audi inclui produção de 800 mil carros elétricos em 2025

0
54

A Audi pretende vender aproximadamente 800.000 carros totalmente elétricos e híbridos plug-in no ano de 2025. Na Assembleia Geral Anual da Audi AG, o Conselho de Administração apresentou a estratégia atualizada Audi.Vorsprung.2025. Para permitir que um terço dos clientes decida a favor de um carro elétrico até meados da próxima década, deve haver uma opção sustentável em cada linha de modelos até então – a maioria deles deve ser totalmente elétrica, com uma proporção menor como híbridos plug-in.


Com o intuito de liberar recursos para o pacote de investimentos no valor de bilhões de euros, a Audi adotou seu Plano de Ação e Transformação no final do ano passado. Os objetivos são explorar novas fontes de receita, melhorar as estruturas de custos e acelerar a transformação corporativa em relação a novos modelos de negócios, o que aumentará consideravelmente o escopo do investimento. Até 2025, aproximadamente 40 bilhões de euros deverão fluir para áreas estratégicas, como mobilidade elétrica, direção autônoma e digitalização. Isso também se aplica à digitalização da produção.

A versão de produção do protótipo Audi e-tron é o primeiro resultado da iniciativa Roadmap E, com a qual a marca premium eletrificará seu portfólio completo até 2025. Com a mobilidade elétrica, a Audi também adota uma abordagem holística e conservadora de recursos: em Bruxelas, o e-tron é o primeiro carro premium com produção de alto volume com certificação neutra de CO2. Seguindo o exemplo de Bruxelas, a Audi tornará suas plantas em todo o mundo neutras em CO2 até 2030. Isso inclui também o investimento nas fábricas alemãs em Ingolstadt e Neckarsulm. Os lançamentos de produtos incluem mais de 20 modelos eletrificados em rápida sucessão até 2025. Em 2019, o e-tron Sportback será o segundo carro totalmente elétrico a ser lançado, seguido pelo e-tron GT da Audi Sport em 2020. A marca também oferecerá um modelo elétrico no segmento de compactos premium em 2020.

No lançamento do e-tron no mercado, os clientes europeus se beneficiarão de uma infraestrutura de carregamento de alto desempenho. A versão de produção do e-tron será o primeiro carro que pode ser carregado em estações de carregamento rápido com até 150 kilowatts. Isso fará com que o SUV elétrico esteja pronto para o próximo percurso de longa distância em pouco menos de 30 minutos. Sua bateria de íons de lítio oferece um alcance de mais de 400 quilômetros.

Pela primeira vez, a versão de produção do protótipo e-tron oferece aos clientes da Audi a possibilidade de adquirir funções como sistemas de assistência ao motorista ou recursos de infotainment também depois que o veículo é comprado. Mais conteúdos e serviços digitais serão gradualmente disponibilizados aos passageiros. A Audi pretende gerar um lucro operacional de 1 bilhão de euros com esses novos modelos de negócios até 2025.

A Audi também apresentará seu primeiro carro elétrico autônomo baseado no conceito Audi Aicon em 2021. Um meio de transporte urbano com configuração de lounge – inicialmente em uma frota piloto e como um carro de produção em série para a condução automatizada em meados da próxima década.

O post Nova estratégia corporativa da Audi inclui produção de 800 mil carros elétricos em 2025 apareceu primeiro em Notícias sobre carros :: CarsNews.